Ao longo das próximas semanas publicaremos aqui no blog uma sequência de posts, delineando pontos-chave aos quais você deve prestar atenção, pois são itens estruturais e estratégicos que fazem toda diferença para uma campanha de financiamento contínuo.

A proposta deste Guia é reunir pontos importantes tanto para elucidar o que é o financiamento contínuo, bem como os possíveis caminhos para criar sua campanha e sustentá-la pelo período necessário, buscando o crescimento e estabilidade do seu projeto.

Vale frisar que não existe receita pronta e você precisa estar atento(a) à sua jornada e a todas as peculiaridades do contexto de sua campanha.

Desejamos que esse Guia (nada) definitivo ajude na construção de uma campanha de sucesso e que contribua com a jornada para realizar seu sonho <3

Vamos lá?

Recapitulando:

O Financiamento Contínuo surge como uma solução possível para viabilizar e incentivar o desenvolvimento de uma comunidade em torno de pessoas artistas, geradoras de conteúdo e realizadoras de outras iniciativas, que aqui chamamos de fazedores(as)Essa comunidade acredita tanto no trabalho de cada fazedor(a) que se dispõe a colaborar financeiramente, a partir da disponibilização de informações como metas e objetivos, prazos, custos e recompensas.

Cada uma das campanhas hospedadas no APOIA.se possui contextos e metas muito singulares, o que torna complexa a missão de compará-las em busca de uma “receita pronta”. O que podemos dizer é que, para uma campanha “dar certo”, o(a) fazedor(a) precisa de MUITO planejamento, estudo, dedicar seu tempo, carinho e energia em construir conteúdo de qualidade e, principalmente, fortalecer a relação com cada uma das pessoas que acreditam e apoiam financeiramente sua campanha. Mas calma lá, é menos difícil do que parece 😉

O contexto

Em meio a um sistema econômico de escala global, artistas e produtores(as) independentes de conteúdo em geral são engolidos pelos grandes canais de comunicação e pela indústria do entretenimento, por vezes pasteurizadora. Mas se tudo for igual, qual é a graça?

No APOIA.se acreditamos que o financiamento contínuo contribui para que a diversidade de vozes continue a existir e a crescer em meio a tudo isso.  Através dele pessoas podem apoiar, participar e interagir diretamente com quem cria, sem intermediários, da mesma forma que quem faz pode receber opiniões sinceras e poderosas sobre suas criações. Monetizar esse processo é delicado, porém possível e essencial para a existência e sustentabilidade do(a) fazedor(a) e seu projeto.

 

Não é sobre velocidade, é sobre resistência!

Ao longo dessa série de posts usaremos como exemplo um projeto baseado em um canal de YouTube, delineando a jornada de uma campanha de financiamento contínuo. Abordaremos pontos de atenção, desafios, o relacionamento com o público, o aperfeiçoamento contínuo enquanto fazedor e a reinvenção enquanto campanha.

No próximo post falaremos sobre planejamento da campanha, divulgação inicial e preparação pessoal 🙂

Conteúdo original: Yuri Amaral
Adaptação para blog: APOIA.se

Tags:
0 shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *