Um dos grandes desafios relatados por muitos Fazedores(as) com quem conversamos ao longo da nossa jornada é o sentimento de responsabilidade com suas próprias comunidades, de manterem a constância de criação/produção, mês após mês.

Na modalidade contínua tradicional as cobranças de apoiadores(as) são feitas todos os meses. Questionamentos surgiram de que não seria justo cobrar os apoiadores(as) em um mês que, eventualmente, não houvesse de fato a criação de algo, uma contrapartida mais objetivo ou se o processo de criação leva mais de um mês até ser finalizado e publicado.

E se seu Fazer não couber nessa relação mensal?

Os Fazeres são diversos e as possibilidades de contrapartidas oferecidas mais ainda! Queremos que diferentes tipos de trabalhos – fazeres- conexões possam vivenciar o potencial do crowdfunding nas suas diferentes variações.

Por isso, muito em breve aqui no APOIA.se, Fazedores(as) poderão experimentar uma modalidade de campanha ainda inédita no Brasil: Financiamento Coletivo Contínuo Por Criação!

Na prática, essa modalidade oferecerá a liberdade de decidir quando e quantas vezes deseja cobrar de seus apoiadores(as). Veja mais a seguir…

Funcionamento básico:

  • Você acessa o mural de sua campanha e posta um conteúdo marcando ele como “pago”;
  • Todos seus apoiadores, independente da faixa de apoio, com promessas de apoio ativas no momento desta postagem serão cobrados no início do próximo mês, referente a essa postagem que você acabou de fazer;
  • Você pode fazer publicações marcadas como pagas quantas vezes quiser ao longo do mês. Ou não fazer nenhuma: dessa forma seus apoiadores não serão cobrados no próximo mês.
  • Seus apoiadores poderão escolher um limite máximo de criações pagas que eles apoiarão.

Passo a passo, no detalhe:

  • Primeiramente, crie uma campanha na modalidade Contínua por Criação, normalmente: com metas, recompensas e descrição;
  • Divulgue sua campanha e peça apoios à seu público;
  • Comunicação é tudo: Deixe o mais claro possível para seus apoiadores(as) como funciona essa modalidade. Informe-os que eles só serão cobrados no mês seguinte SE você fizer uma ou mais postagens marcadas como paga;
  • No momento em que seu público fizer a promessa de apoio, além de definir o valor do apoio para futuras publicações marcadas como pagas, também será definido ou não um limite de cobranças por mês;
  • Seus apoiadores ganham acesso ao mural após a confirmação da promessa de apoio (inclusive à antigas publicações marcadas como pagas);
  • Você pode utilizar seu mural normalmente sem necessariamente marcar suas publicações como pagas, podendo direcionar as postagens para faixas exclusivas de apoio ou postar para o público geral;
  • Você recebe o valor arrecadado no início do mês seguinte ao mês que foi efetuada alguma cobrança de seus apoiadores(as) (descontado apenas a taxa de 13% do APOIA.se). A transferência acontecerá para todos os projetos que tiverem captado mais de R$ 115,00.

Para quem serve o Financiamento Coletivo por Criação do APOIA.se?

A frequência com que você cria é o fator mais importante a se considerar antes de decidir ser um Fazedor(a) por Mês ou por Criação no APOIA.se. Nosso conselho geral é que, se você estiver produzindo mais de 4 coisas por mês, crie uma campanha Mensal. Exemplo: Se você está fazendo mais de quatro vídeos, podcasts ou quadrinhos por mês, provavelmente você deve ser um Fazedor(a) da modalidade contínua mensal.

Agora se você cria coisas mais esporadicamente, pode fazer sentido ser um Fazedor(a) da modalidade por Criação. Se, por exemplo, você publica uma grande reportagem ou um vídeo de alta qualidade a cada 2 meses, uma campanha na modalidade por Criação é certa para você, pois seus apoiadores(as) só serão cobrados quando você estiver, de fato, publicando algo.

Contínuo Mensal vs. por Criação: quais as diferenças?

Basicamente:

  • Campanhas mensais: em uma campanha mensal, seus apoiadores(as) são cobrados uma vez por mês, todos os meses.
  • Campanhas por Criação: para que seus apoiadores(as) sejam cobrados, você deve fazer uma publicação marcada como paga em seu mural de campanha. Você pode fazer várias publicações marcadas como pagas por mês, embora alguns dos seus apoiadores(as) tenham um limite sobre quantas publicações eles apoiarão.

Tags:
0 shares
Post Anterior

Novidade: Relatório de Acessos

Próximo Post

Três razões de porquê o financiamento coletivo é revolucionário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *