O que você pode aprender com os maiores crowdfundings de Youtubers da APOIA.se

Cultura Crowd Jan 11, 2021

O que você pode aprender com as maiores campanhas de crowdfunding de Youtubers da APOIA.se?

Faz pelo menos uma década que vemos cada vez mais gente ganhando dinheiro com YouTube e fazendo milhões com vídeos na internet.

Mas começar a ganhar a vida com seu canal no Youtube não é uma tarefa simples, né?

Por exemplo, para começar a monetizar um trabalho de produção de conteúdo e entrar no Programa de Parcerias do Youtube, seu canal precisa ter pelo menos 4 mil horas assistidas e 1000 inscritos no último ano.

Se você já tem seu canal, sabe (e se não tem, aqui vai um spolier): essa não é uma tarefa fácil para quem começa do zero.

É por isso que cada vez mais youtubers têm usado Campanhas de Financiamento Coletivo Recorrente.

E para ajudar você a se inspirar, mergulhamos nas maiores campanhas de youtubers da APOIA.se e juntamos aqui algumas características e práticas de sucesso em comum em quase todas elas. Confere aí:

1. Um propósito claro, muito além dos vídeos do canal

A maioria das pessoas apoia uma campanha de Crowdfunding Recorrente por acreditar no projeto, muito mais do que no “produto” a ser entregue.

Isso é ainda mais verdade quando os Fazedores(as) já produzem o conteúdo e distribuem gratuitamente.

Claro que é importante ter recompensas (e vamos nos aprofundar um pouco mais em seguida), mas, antes de chegar nelas, é necessário estar claro o propósito do seu trabalho, pois ele é fundamental para que haja identificação e geração de valor para seus potenciais apoiadores(as).

Talvez esteja muito vago isso que falamos aqui em cima, então aí vai um exemplo.

O #SAL é um canal no Youtube que mostra muito mais do que a vida de pessoas que moram no mar, confira:

E por falar no vídeo, vamos ao segundo ponto...

2. Vídeo de apresentação de campanha

Na APOIA.se, não é obrigatório que você tenha um vídeo de apresentação para publicar sua Campanha de Financiamento Coletivo, mas saiba que esse vídeo faz total diferença.

E se você você já atua como produtor(a) de conteúdo de vídeo, vai ficar muito mais fácil pra você essa parte.

E tudo bem se você ainda não tiver os equipamentos adequados.

Uma câmera de celular é super suficiente, além de um roteiro bem feito, deixando claro qual o seu propósito e porque você precisa do apoio das pessoas para seguir fazendo o que faz.

Aqui vai uma dica extra: faça um vídeo novo.

Um vídeo que explique não só o seu canal, mas como funciona a campanha de Financiamento Coletivo e porque você resolveu começá-la vai ajudar você a conquistar mais apoiadores.

Veja o vídeo do Ludoviajante como ficou:

3. Uma possibilidade de apoio “simbólico”

Além das recompensas de maior valor, procure adicionar recompensas de valor simbólico também.

A APOIA.se é a única plataforma do Brasil que permite apoios de R$ 1.

Como falamos antes, o apoiador de um(a) youtuber está normalmente mais motivado a ajudar você do que a ganhar a recompensa. Dessa forma você dá oportunidade para que qualquer pessoa possa apoiar o seu trabalho.

Pode parecer pouco, mas quando você chegar nas dezenas ou centenas de apoiadores(as), você vai ver que esse apoio não tem nada de simbólico e faz toda a diferença no seu orçamento.

4. Pelo menos 5 opções de recompensas


Na maioria das plataformas de Crowdfunding, como a APOIA.se, cada recompensa tem um valor mínimo, mas o apoiador tem a possibilidade de apoiar com mais dinheiro se quiser.

Acontece que a gente tende a não aumentar o valor se não for estimulada a isso

Com vários tipos de recompensas, partindo das menores às mais desejadas, você abre espaço para receber apoios maiores daqueles que no momento podem e estão dispostos a  investir um pouco mais no seu trabalho.

Uma live exclusiva para apoiadores(as), onde você mostra seus bastidores e interage com essa galera, é um bom exemplo de recompensa para seus apoiadores de valor maior. Assim como outras formas de interação, como um grupo exclusivo no WhatsApp ou Telegram.

Veja o Nautilus, por exemplo, como oferece 5 formas de apoio, com algumas recompensas a mais, a cada faixa de apoio.

Captura de tela de uma possibilidade de apoio. São vistas 5 formas de apoio, que vão de 1 a 70 reais.
Exemplos de recompensas de Crowdfunding

Mais uma dica extra: se você optar por entregar recompensas físicas para aquelas de maior valor, não esqueça de levar em conta os custos com a entrega. Lembre-se que você pode ser apoiado(a) por pessoas do Brasil inteiro e, dependendo do lugar, o envio pode custar mais que o apoio em si.

5. Comunicação constante com apoiadores(as)

É fundamental que você tenha um canal direto para comunicar-se com sua base apoiadora, ao longo de sua campanha.

A comunicação é peça chave para que uma campanha recorrente se sustente a longo prazo.

A primeira motivação é estimular seus apoiadores(as) a assistirem a seus vídeos. Mas uma comunicação pode ir além da divulgação e ser também troca com quem apoia você.

Isso cria um sentimento de pertencimento e comunidade à sua base, que é tão importante quanto a qualidade dos seus vídeos para manter seus apoiadores(as) no longo prazo.

A APOIA.se fornece a ferramenta do Mural da Campanha, em que você tem a possibilidade de enviar mensagens a toda sua base apoiadora ou selecionar faixas de apoio para enviar essas mensagens

Quem usa muito bem o Mural é a Fernanda Yoga.

Dê uma olhada em como ela faz isso.

captura de tela do mural da Fernanda Yoga, em que se vê um primeiro post. Nele se lê grande "Catálogo".

6. Compromisso com a frequência (e com o(a) apoiador)

Existe, pela internet, milhares de manuais dizendo qual é a frequência ideal de postagem de novos vídeos no YouTube para um canal crescer mais.

Mas calma, não é disso que estamos falando aqui.

O que vemos entre os canais de sucesso em Campanhas de Crowdfunding é que elas deixam claro para os seus apoiadores qual vai ser a frequência e cumprem esse “contrato” com a sua audiência.

Que, afinal, importa muito mais do que o algoritmo.

Isso não quer dizer que não pode mudar a frequência ao longo do tempo. Algo que muitos fazedores aproveitam é estabelecer metas de arrecadação vinculadas a frequências maiores de novos vídeos no canal.

Veja o exemplo do Canal Hashtag Sal, que não tinha uma constância no envio de vídeos quando criou a campanha e estabeleceu uma primeira meta de R$5 mil reais mensais para conseguir produzir um vídeo novo todo mês.

Hoje, com a segunda meta batida, eles têm produzido pelo menos um vídeo por semana.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.