Como funciona o Spotify para Artistas: tudo que você precisa saber

Música 3 de Jan de 2022

Um dos maiores questionamentos dos artistas e bandas em início de carreira costuma ser: afinal, como funciona o Spotify para Artistas?

Depois de todo o trabalho para produzir, mixar, masterizar e distribuir uma música ou um álbum, você precisa entender as ferramentas oferecidas pelo app de streaming para se conectar melhor com o seu público.

Entender como funciona o Spotify Para Artistas parece um pouco complexo inicialmente, mas podemos garantir que não é nenhum bicho de sete cabeças.

Vem com a gente neste tutorial para entender todas as funcionalidades da plataforma — e como você pode utilizá-las para compreender melhor seu público e planejar seus próximos passos.

Como criar (e verificar) um perfil de artista no Spotify

O perfil de artista no Spotify será criado automaticamente pela distribuidora no momento em que o primeiro lançamento for ao ar.

Para ter acesso a ele, você precisará entrar em artists.spotify.com e comprovar que você realmente é o artista em questão.

Você vai precisar de um e-mail específico (o mais indicado é utilizar um e-mail profissional do autor(a)projeto/banda, provavelmente o que você já usa para as redes sociais) e autenticar a sua conta através do login em duas outras redes sociais (as opções são Facebook, Instagram, Twitter ou Youtube), ou através de um site oficial.

Geralmente o processo acontece quase instantaneamente, e você receberá um e-mail com o acesso à sua página no Spotify Para Artistas (mas eles dão o prazo de até 48h para efetuar essa verificação). Cumprido esse passo, a próxima coisa que você precisa ter em mente quando o assunto é como funciona o Spotify Para Artistas é o que publicar lá.

Separe uma foto de perfil, outra para o banner e escreva uma bio curta (se você já tiver um release para a imprensa, pode adaptar esse texto mesmo!). Também é uma boa linkar as redes sociais diretamente no perfil, para que os ouvintes que chegarem diretamente pelo algoritmo do Spotify possam te achar em todos os cantos da Internet.

Tá, mas o que eu posso fazer com o Spotify para Artistas?

Uma vez que você tenha acesso ao seu perfil de artista no Spotify, você pode:

  • Monitorar todas as métricas de toda a sua discografia
  • Fazer o pitch de cada novo lançamento
  • Ver em tempo real quantas pessoas estão ouvindo suas músicas
  • Criar playlists personalizadas
  • Ver em quais as playlists suas músicas foram adicionadas
  • Vender através do Shopify
  • Subir um Canvas (um vídeo curto que será vinculado à sua música, além de aparecer quando a faixa for compartilhada nos stories do Instagram)
  • Ver o Artist Wrapped (a famosa retrospectiva do Spotify) ao final de cada ano

Como funciona o Spotify para Artistas na hora de divulgar minha música?

A primeira funcionalidade do Spotify para Artistas que pode te ajudar na hora de divulgar a sua música é com certeza o pitching para playlists.

Fazer um pitch nada mais é do que vender o seu peixe para o time de curadores responsável pela criação das playlists editoriais do Spotify

Para isso, você vai precisar descrever brevemente o tema da música, sua estratégia de divulgação para esse lançamento, e enquadrar o som em um ou mais gêneros musicais e moods.

Muitos artistas também se perguntam sobre qual o melhor idioma para usar na hora de escrever seu pitch. A verdade é que o Spotify nunca emitiu um comunicado específico sobre isso, então acreditamos ser mais interessante se basear na lógica de quem seria o curador responsável por avaliar o seu lançamento.

Se você está publicando uma música em português, influenciada pela MPB e pelo samba, provavelmente faz sentido fazer seu pitch em português. Agora, se seu som é mais alternativo, tem um apelo para um público internacional, é instrumental ou cantado em outra língua, pode ser interessante fazer o pitch em inglês.

Além do formulário de pitch, o Spotify para Artistas mostra diversas métricas sobre quem está ouvindo suas músicas.

Sabendo o tamanho real do seu público, onde ele está, como ele está se relacionando com o seu trabalho, quais são os outros artistas que ele ouve e muito mais, você pode ter uma ideia melhor de onde marcar seus shows, qual o tamanho real da sua base de fãs, da tiragem de discos e merch e, é claro, usar esses dados na hora de pensar numa estratégia de financiamento coletivo para tornar a sua carreira musical mais sustentável.

Alguns números importantes para prestar atenção

O número mais importante que você deve ficar atento no seu perfil de artista no Spotify é o número de ouvintes mensais.

Esse dado é atualizado todos os dias, levando em conta a soma de ouvintes únicos que o artista teve nos 28 dias anteriores. Essas são as pessoas que têm um interesse constante no seu trabalho e, portanto, são ouvintes mais engajados(as), que provavelmente apoiariam um financiamento coletivo, iriam num show e comprariam uma camiseta da sua banda, por exemplo.

Com o Artist Wrapped, no final de cada ano, você também pode ter acesso a informações sobre as pessoas que mais ouvem o seu trabalho e organizar algum mimo para elas!

Que tal mandar uma demo inédita, convidar para uma apresentação especial ou marcar uma videochamada para trocar uma ideia com essas pessoas?

A plataforma ainda oferece dados sobre o gênero, a idade e a localização das pessoas que estão ouvindo as suas músicas (rankeado por país e por cidade).

Essas informações podem ser ouro na hora de pensar sua turnê ou os eventos para apoiadores de um financiamento coletivo. Além disso, você pode descobrir quais outros artistas os seus fãs também ouvem — e articular parcerias com eles para conquistar um público maior.

Talvez você não saiba que…

O Spotify para Artistas também te dá a opção de comparar os seus dados com os de outros artistas, pelas métricas de streams (reproduções individuais de cada música), seguidores e ouvintes.

E se a ideia de um financiamento coletivo parece interessante para a sua carreira na música, você pode baixar aqui o Guia do Financiamento Coletivo Pontual para saber exatamente o que é necessário para uma campanha de financiamento coletivo ser um sucesso.

E se você acha que talvez um financiamento recorrente faça mais sentido para o seu projeto, confira aqui o nosso passo-a-passo, onde explicamos o que é essa modalidade de financiamento e como você pode utilizá-la para financiar o seu trabalho.

Marcadores

Marta Karrer

Jornalista pela UFRGS, co-fundadora da Almu Agenciamento Criativo e integrante da PWR Records. Trabalhei com marcas como a Deezer, a Warner Music e para a artista Ludmilla, entre outros artistas.