Saiba tudo (tudo mesmo) sobre crowdfunding

Cultura Crowd Ago 25, 2021

Bom, se você chegou até aqui é porque quer aprofundar os seus conhecimentos sobre, crowdfunding, certo?

E essa é uma ótima escolha. Afinal, esse é um mercado de mais de 17 bilhões de dólares, que vem crescendo ano a ano e deve chegar 34,6 bilhões em 2026.

Essas campanhas contribuem com inúmeros sonhos a serem realizados, além da manutenção de projetos, que ajudam milhares de pessoas.

Nesse texto, vamos explicar tudo: desde o conceito de crowdfunding, as modalidades, como você pode fazer uma campanha e como escolher a melhor plataforma para seu projeto.

Mas vamos começar do começo. Você sabe exatamente, o que é crowdfunding? Não? Então, vamos lá!

O que é crowdfunding?

Crowdfunding é uma palavra em inglês que significa, literalmente “financiamento por multidões''.

Na prática, crowdfunding é uma forma de captação de recursos para que diferentes iniciativas possam ser realizadas.

E é uma tendência cada vez mais comum em diferentes segmentos.

Pode ser que você já tenha até colaborado com uma campanha de crowdfunding e não saiba.

Sim, elas estão ganhando inúmeros adeptos, sendo realizadas em diversos tipos de projetos.

Sabe aquele projeto que você tem guardado, mas que ainda não conseguiu iniciar por falta de grana? Pois é, é nesse momento que o crowdfunding é indicado.

As campanhas de Crowdfunding têm o objetivo de unir uma base de apoiadores que acreditam naquela iniciativa e, portanto, contribuem financeiramente para que ela saia do papel.

Ah, tem quem pense que essas iniciativas são dedicadas apenas para ONGs. Nada disso! Existem campanhas de crowdfunding para os mais diferentes objetivos. Por exemplo:

  • Autônomos;
  • Produtores de Conteúdo;
  • Empresas;
  • Eventos;
  • Portais.

E entre outros.

História do crowdfunding

Ficou curioso para saber de onde surgiu o crowdfunding? Nós te contamos!

Rodando a internet, não existe uma definição clara de qual a origem dessa prática.

Entretanto, alguns historiadores afirmam que esse modelo de arrecadação popular de receita já acontecia lá no século XVII quando os autores precisavam de uma grana para lançar os seus livros.

Outra história bacana conta que um dos primeiros crowdfundings foi a arrecadação realizada pelos americanos para a construção da Estátua da Liberdade.

Segundo alguns historiadores, em 1884 o editor do The New York Times, Joseph Pulitzer, pediu à população doações para a construção da obra. O valor arrecadado em seis meses foi de mais de 100 mil dólares.

Mas foi a partir do surgimento da internet que essa prática explodiu e surgiram plataformas dedicadas a isso no Vale do Silício, especialmente entre o fim dos anos 90 e início dos anos 2000.

E aqui no Brasil?

Boa pergunta! Por aqui, a prática de compartilhar os gastos de um projeto, chamando família, amigos e conhecidos, para ajudar a cobrir os custos, é centenária, muito difundida e conhecida principalmente como “vaquinha”.

Já a partir dos anos 2010, quando surgem as primeiras plataformas de crowdfunding brasileiras na internet, o crowdfunding se popularizou e ganhou novos formatos.

Ainda neste tema, vale considerar que as campanhas aqui no país tem origem predominantemente para o financiamento de cultura, como discos e livros.

Como fazer uma campanha de crowdfunding?

Bom, sabendo o que é, e qual a origem do crowdfunding, é comum que você queira saber como pôr a mão na massa, para fazer seu crowdfunding.

Claro que é comum pensarmos que é algo fácil e rápido. É, mas não muito. rs Como assim? Nós explicamos!

Para entender como fazer um projeto é preciso saber que não basta encontrar uma plataforma de crowdfunding como a APOIA.se, se inscrever, lançar o projeto e ponto final.

Essa é, na verdade, só uma das fases. Afinal, para uma campanha de sucesso é preciso pensar em diferentes pontos:

  • Qual melhor tipo de Crowdfunding para o seu projeto?
  • Qual a plataforma de financiamento coletivo ideal?
  • Quais são suas metas?
  • A base de apoiadores(as) terão recompensas?
  • Como será a divulgação da campanha?
  • Como manter um contato próximo com seus apoiadores(as)?

Essas são perguntas cruciais que devem ser respondidas antes de a campanha ser inscrita na plataforma.

Além disso, é fundamental conhecer as diferentes modalidades de crowdfunding que podem ser usadas.

Sim, dentro do crowdfunding, existem formatos diferentes que podem ser seguidos, de acordo com a . Veja mais a seguir.

Tipos de crowdfunding e suas diferenças

O tipo mais popular de crowdfunding é o da modalidade pontual. O que isso significa? Significa que a campanha possui uma meta de arrecadação definida, com data para a sua finalização.

Esse formato é ideal, por exemplo, para iniciativas de eventos, cursos no exterior, etc. Quando é preciso ter um valor específico em uma data determinada.

Dentro desse tipo de campanha, no entanto, podem ser escolhidos dois formatos diferentes. Sendo eles:

  • Meta livre: nesse formato que oferecemos aqui na APOIA.se, o fazedor(a) inicia a sua campanha, determinando o valor necessário para o projeto, bem como a data de finalização da campanha. Sendo a meta alcançada ou não, o fazedor(a) recebe o valor arrecadado até a data final do crowdfunding. Esse é um formato que assegura ao projeto em questão, pelo menos, um valor parcial para poder ser iniciado.
  • Tudo ou nada: este outro formato é um pouco diferente. Como o nome já adianta, ele funciona como um “tudo ou nada”. Isto é, o fazedor(a) inicia a sua campanha declarando um valor como meta e a data de finalização do crowdfunding. Caso a meta seja 100% alcançada, o fazedor(a) recebe o valor arrecado. Caso contrário, todo o dinheiro é devolvido para a base de apoiadores(as).

Financiamento coletivo recorrente

Esse é outro formato de crowdfunding que oferecemos aqui na APOIA.se. A grande vantagem desse modelo é a possibilidade de garantir a existência de projetos contínuos.

Ou seja, pense que uma determinada ONG precisa arrecadar um valor específico mensalmente. Ao invés dela criar campanhas todo mês, a melhor solução é criar um financiamento coletivo recorrente.

Através dele, é possível manter a campanha no ar, garantindo a continuidade da base de apoiadores(as) mensalmente.

Esse financiamento funciona como um clube de assinaturas em que os apoiadores(as) são cobrados(as) todos os meses. Apostando, junto com você, no projeto.

E por ser como um clube de assinaturas, é bem importante pensar em como manter esses apoiadores engajados. Em casos de youtubers e podcasters, por exemplo, esses canais oferecem conteúdos exclusivos para a sua base de apoiadores.

Outros tipos

Existem ainda outras modalidades menos difundidas, mas relevantes , como o Crowdfunding Turbinado (exclusividade da APOIA.se), o Equity Crowdfunding e o Matchfunding.

Quanto custa criar uma campanha de crowdfunding?

Nas mais populares plataformas, assim como aqui na APOIA.se, esse serviço não é cobrado.

Essas plataformas normalmente trabalham cobrando uma taxa sobre os valores arrecadados nas campanhas.

Mulher jovem colocando uma moeda em um cofrinho em formato de porco.
Qualquer centavo é muito importante para o valor final arrecadado

Aqui na APOIA.se, como é?

Todo início de mês, a APOIA.se faz uma transferência para as campanhas que arrecadaram pelo menos 20 reais no mês anterior.

Nessa transferência, está todo o valor arrecadado pela campanha, menos a taxa de operação da APOIA.se. Essa taxa varia de acordo com a modalidade da campanha:

Taxa das campanhas recorrentes:

Na modalidade recorrente, o(a) fazedor(a) recebe 87% do valor arrecadado.

5% é usado nas operações financeiras (operadora do cartão, emissão do boleto, etc).

E 8% são usados para manter e desenvolver a APOIA.se, com gastos de pessoal, servidores, impostos e etc.

gráfico de pizza que mostra os percentuais de taxa do crowdfunding na APOIA.se: 87% para o criador, 5% para as taxas financeiras e 8% para a manutenção da APOIA.se

Taxa do crowdfunding pontual e APOIA.se Solidariedade

Temos orgulho de oferecer a melhor taxa do mercado. Inclusive, deixamos com que os próprios fazedores(as) escolham a taxa a pagar.

Isto é, no momento de criação da campanha pontual, existe uma pergunta sobre o quanto você deseja deixar com a  plataforma. Essa taxa pode variar de 6 a 15% do valor de cada apoio.

É importante considerar que essa é a forma que a APOIA.se trabalha. Caso sua ideia seja criar uma campanha em outra plataforma, leia bem os termos e analise bem as taxas praticadas por ela.

Cuidado com taxas surpresas

Esse é mais um ponto crucial quando chega a hora de saber o que avaliar antes de escolher um site de vaquinha.

Isso porque, mais uma vez estamos falando sobre o valor final que o seu projeto arrecadará.

Por exemplo, algumas plataformas de crowdfunding também cobram pelo saque. Isto é, acabam cobrando um valor adicional no momento de transferir o dinheiro da campanha.

Diferente de muitas outras plataformas, aqui na APOIA.se, não tem cobrança surpresa. Ah, e por falar em mensalidade. Os fazedores(as) daqui também não precisam fazer a solicitação do saque mensalmente. Por aqui, isso é realizado de forma automática. Sabemos que você tem outras coisas para se preocupar, né?

Como escolher uma plataforma?

Eu sei que você deve estar pensando logo em qual melhor plataforma. Afinal, seu projeto merece o melhor, né?

Nós poderíamos rasgar inúmeros elogios aqui para nós da APOIA.se com o objetivo de convencê-lo a contar com a gente.

Mas, preferimos que você venha por entender que somos realmente os melhores para te ajudar a tirar o projeto do papel. E não, por convencimento.

Sendo assim, além das taxas que já citamos, outro ponto importante a se considerar quando é preciso escolher uma plataforma, é a questão da funcionalidade e o suporte oferecido pelos sites.

Avalie sempre se a plataforma escolhida vai oferecer um bom suporte quando você precisar.

Pense que os sites de crowdfunding são sistemas tecnológicos como qualquer outro. Ou seja, estão sujeitos a problemas na execução que vão desde bugs a falta de entendimento do(a) usuário de como a plataforma deve ser usada..

E, nesse caso, o suporte oferecido aos usuários é um grande diferencial.

Confira se a plataforma possui um time pronto para atendê-lo prontamente em caso de dúvidas ou correções.

Além disso, avalie outras campanhas realizadas na plataforma, veja o desempenho de cada uma delas. Afinal, uma plataforma que tem dezenas de campanhas de sucesso, certamente é confiável e vai ajudar você a bater as metas, não é mesmo?

Se possível, inclusive, sugerimos que converse com algum fazedor(a) para compreender se ele indica ou não o sistema utilizado na sua campanha.

Dica: na APOIA.se, você pode explorar campanhas de crowdfunding de sucesso.

Jovem andando de balanço, com os cabelos ao vento, em frente ao por do sol no mar.
Escolha a plataforma que pode ajudar tirar o seu sonho do papel

Exemplos de campanhas de sucesso

Para ajudar você na criação  de sua campanha de crowdfunding, vamos elencar por aqui algumas iniciativas de sucesso que já passaram aqui pela nossa plataforma.

Por que é importante conhecê-las? Bom, além de compreender ainda mais sobre as iniciativas, vale a pena levar como exemplo a serem seguidos, né?

Vale ressaltar, porém, que ainda que pareça um clichê -  o sucesso é algo relativo. Existem campanhas que arrecadam milhões, mas também as que arrecadam mil reais.

Ambas são tidas como uma campanha de sucesso. Uma vez que isso pode ser medido com a iniciativa ganhando corpo. E cada iniciativa depende de um valor específico, certo?

Esse é um assunto que, inclusive, nós já abordamos por aqui: como fazer um crowdfunding de sucesso.

Mas, ainda sobre as campanhas, dá só uma olhada:

Essas e outras campanhas você pode conhecer diretamente no nosso texto: 10 Vaquinhas Online que deram certo!

Como funciona a APOIA.se?

Por aqui, na APOIA.se, nossa maior preocupação é o seu sucesso.

Todas as dúvidas são bem-vindas e temos um time preparado para atender tanto à nossa base de fazedores(as) como também a de apoiadores(as).

Nós sabemos o quanto um sistema transparente e com suporte rápido traz mais confiança. E isso melhora muito os resultados de cada uma das campanhas.

Ah, além disso, prezamos para que a nossa base de apoiadores(as) tenha o pleno conhecimento sobre a sua campanha. Não só como fazê-la, mas também como divulgá-la, acelerar os seus resultados e entre outros métodos diretamente ligados ao sucesso do crowdfunding.

Para isso, oferecemos diversos materiais gratuitos sobre Crowdfunding, com dicas valiosas de quem sabe - e muito - sobre o universo de vaquinhas online.

Enfim, o nosso papel por aqui é fazer o seu projeto crescer e muito. Por isso, fornecemos conteúdos como esses, que tem a missão de te auxiliar de maneira completa.

Esperamos que você tenha chegado nessas últimas linhas conhecendo ainda mais sobre as campanhas de arrecadação online.

Caso queira saber mais sobre como escolher a APOIA.se como a plataforma para a sua campanha, entre em contato com a gente!

Será uma honra para nós recebermos esse seu voto de confiança. E, principalmente, fazer o seu sonho ganhar asas! Vamos juntos, então?

Bruno Laurato

Sou jornalista, escritor e autor do livro “Verde, Amarelo, Azul e Rosa”. Me dedico a pesquisa de história do Brasil, movimentos sociais e cultura popular.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.