10 dicas práticas para superar o “vale da morte” das campanhas

Dicas Para Sua Campanha Nov 15, 2021

Em uma campanha de financiamento coletivo pontual — aquela que tem prazo para iniciar e prazo para encerrar —, é comum que haja um grande volume de contribuições em dois picos da captação: o primeiro é bem no início da campanha, por conta da novidade, e o segundo é no final da campanha, pela urgência em atingir a meta antes do prazo encerrar.

Essa urgência mobiliza as pessoas que querem ver o projeto sair do papel.

Observamos também um fenômeno que convencionamos a chamar de vale da morte. Esse é um período em que a campanha entra num marasmo e a velocidade da arrecadação desacelera, ou até mesmo, no pior dos cenários, ela fica parada.

A campanha não é mais impulsionada pela novidade, pois deixou de ser um lançamento. Ao mesmo tempo, também falta muito tempo para a reta final, aquele ponto em que  puxamos a narrativa da nossa comunicação para esse fim, e com isso chegarmos no nosso segundo pico de valor arrecadado.

O que fazer, então, quando esse fenômeno acontecer? A gente separou 10 dicas que podem te ajudar nesse processo e que podem aumentar significativamente a velocidade da arrecadação. Confira!

1 - Follow up, o famoso lembrete

Faça uma lista das pessoas que ainda não colaboraram ou das que iniciaram o processo de colaboração mas não finalizaram.

Depois, entre em contato com a galera e não perca ninguém de vista!

Pela plataforma da APOIA.se você tem acesso ao e-mail dos apoiadores, basta entrar na guia gerenciador de campanha e abrir a aba relatórios>>cobranças, pelo campo “status” você pode ver quem ainda não concluiu o pagamento da contribuição.

2 - Traz mais um

Tão importante quanto engajar novas contribuições é poder contar com a galera que já apoiou a campanha. Convide o pessoal para trazer alguém e somar junto!

Na plataforma você tem acesso à lista de pessoas que apoiaram o seu projeto, basta entrar na guia gerenciador de campanha e escolher a opção “cobranças”. Ali tem uma lista com os e-mails do pessoal, use a criatividade para realizar uma chamada bacana!

3 - Cotas de apoio por pessoa na equipe do projeto

Caso haja mais pessoas na equipe do projeto além de você, estabeleça cotas para que cada uma fique responsável em atingi-la, como um número X de novas apoiadores ou um valor X (em reais ou percentual da meta) para alcançar até uma data limite, assim ninguém fica sobrecarregado.

4 - Recompensas relâmpago

Durante o planejamento da campanha (isto é, antes de colocá-la no ar), assim que definir as recompensas, separe uma ou duas e não as ofereça inicialmente; deixe para disponibilizar  no meio da campanha.

Por exemplo, se é uma campanha de 45 dias, insira essas recompensas após 25 dias de campanha. Isso ajuda a dar uma movimentada com novidades!

Importante: para essa estratégia ganhar força, o ideal é que a recompensa seja limitada, e se possível a uma quantidade não muito grande, para estimular a galera a apoiar logo e não perder a oportunidade! :)

5 - Eventos online

Uma live para debater a iniciativa do projeto ajuda bastante e pode contribuir para disseminar ainda mais a campanha em outros espaços na internet (como mídia especializada e redes pessoais de quem já apoia).

Se possível faça um convite para projetos relacionados e influenciadores digitais participarem junto contigo. De quebra, você garante também a audiência deles.

6 - Eventos onlife

Outra iniciativa bacana é aproveitar eventos presenciais para potencializar a comunicação da campanha: realizar um workshop, um café, um piquenique... aqui vale tudo! Vai dar uma palestra ou uma oficina? Aproveite para fazer o famoso “jabá” e ponha a campanha na boca do povo!

7 - Imprimir boletos

Essa estratégia pode ser usada em conjunto com a anterior. Sempre que estiver em algum evento, aproveite para levar alguns boletos com valores diversos e distribua para a galera. Aqui é o famoso “passar o chapéu”!

Essa ação é bastante indicada, também, para alcançar pessoas que não tenham tanta familiaridade com a internet ou tenham dificuldade de acesso. Não deixe ninguém escapar!

Importante: ao adotar essa estratégia, tenha em mente que você precisa fazer um controle de quem está recebendo o boleto para saber se ele será pago ou não. No caso dele ser atrelado a entrega de uma recompensa, isso te ajudará muito e evitará futuros transtornos.

No cabeçalho do boleto tem um número — ao lado da data de vencimento — que você pode anotar numa lista. Ao lado do número anote o nome da pessoa que recebeu o boleto.

8 - Polinizadores

A figura do polinizador (pessoas influentes em assuntos relacionados ao seu projeto e que tenham grande alcance na rede, mídia especializada, instituições parceiras, etc., que propagarão a campanha em suas próprias redes) é importante desde a ativação inicial da campanha e precisa constar no seu mapeamento de rede já no planejamento, antes da campanha ir ao ar.

No seu cronograma de divulgação, marque com um polinizador uma ativação que aconteça durante o vale da morte. Assim, há chances de movimentar a captação e conseguir mais alcance num período que seria naturalmente mais “parado”.

9 - Brindes

Essa estratégia é uma variação da combinação entre as estratégias número 2 e 3 desta lista: separe um ou mais brindes para distribuir a quem trouxer mais apoios num período específico (24 horas, 48 horas, etc.).

Pode ser pensado para distribuir tanto para a equipe quanto para a comunidade de pessoas que já apoiam a campanha, o que ficar melhor!

10 - Depoimentos

Caso você já tenha contribuições na campanha, experimente pedir depoimentos para a galera que já apoiou (pode ser por vídeo ou por texto), num formato semelhante a esse: oriente-os a 1) se identificarem como apoiadores; 2) explicarem por que apoiam a campanha;e 3) convidarem outras pessoas para apoiarem também.

Espero que as dicas tenham sido úteis para você, e que tornem o vale da morte um período menos doloroso.

Não desista e, qualquer coisa, chama a gente! (:

Paulo Henrique Reis

Customer Success na APOIA.se. Amo samba, tecnologia e cultura popular! Especialista em Finanças pela UFF e sociólogo pela UERJ.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.