Deu branco na hora de definir as metas de sua campanha contínua?
Não criemos pânico!

Aqui vai uma lista dos sete estilos de metas mais utilizados pelos diversos fazedores e fazedoras do APOIA.se:

1. Cobrindo custos! 

Essa é uma das metas mais utilizadas por nossa comunidade, e é muito fácil de entender o motivo por trás disso: você precisa pelo menos cobrir seus custos iniciais para ter um fazer que se relacione de forma saudável com seu público.

Busque calcular seus gastos totais mensais, seja com aluguel de um local, seja com compra de equipamentos, enfim, que sejam despesas relacionadas ao seu fazer.

Você pode também quebrar os diversos custos em diferentes metas. Por exemplo:

  • Meta 1: aluguel de estúdio
  • Meta 2: aluguel de estúdio + alimentação da equipe no dia de gravação

Isso vai contribuir que você estabeleça metas que garantam o suporte financeiro à sua campanha.

2. Maior financiamento, maior capacidade de produção!

“Com grandes dinheiros, vem grandes conteúdos”

Estabelecer metas que possibilitam aumentar sua produção é empolgante! Mais um quadro em seu canal, mais atendimentos em sua ONG, mais uma gravação semanal em seu podcast, enfim, me diga você!

Calcule o valor necessário para aumentar seu tempo de dedicação ou material produzido. Compartilhe essas possibilidades com sua comunidade, você estará aumentando o desejo dela em chegar junto com você até lá e poder curtir ainda mais o seu trabalho.

3. Vídeo especial de agradecimento!

Essa é uma meta que envolve um diálogo sincero sobre gratidão com a sua comunidade.
Deixe claro o quão importante está sendo o suporte de seus apoiadores nessa jornada, demonstre o quanto vocês cresceram juntos nesse caminho já trilhado e quais são as próximas metas a serem batidas.

Exemplo: “ao atingir a meta x, vou lançar um vídeo especial comemorativo!”

4. Novos (ou mais) equipamentos!

A tekpix não tá mais dando conta do recado e chegou a hora de comprar uma câmera nova? Mais microfones? Um mouse melhor? Galões de tinta?

Escolha e conte para sua comunidade o impacto que essa meta pode gerar no seu fazer.

5. Eu vou viver da minha arte!

Profissão youtuber
Chegou a hora de tomar coragem de largar a engenharia ambiental e se dedicar em tempo integral para sua ONG de resgate de animais, de deixar de ser analista de sistemas e ser gamer em tempo integral, como você sempre sonhou!

Estamos falando de compartilhar com o público sua meta de se dedicar integralmente a sua iniciativa, e aqui você pode estabelecer com honestidade qual valor é necessário para a sua sustentabilidade pessoal/profissional.

6. Aumentando a equipe!

A produção aumentou e a qualidade do equipamento melhorou, mas você ainda sente falta de mais um companheiro ou companheira em sua equipe.

Seja um editor de vídeos, seja um desenvolvedor, seja um relações públicas, entenda as necessidades do seu time e construa essa meta junto com seus apoiadores.

7. Tem presente pra todo mundo, é chuva de presente!

Uma rodada de cadernetas artesanais por sua conta! Calendários da ONG, saindo no capricho! Um mixtape. Chaveiros. Camisas. Canecas. Uma moto para cada apoiador!

“Tem meta que a gente fica tão feliz de bater que a vontade é dar presente pra os apoiadores todos” – e porque não, então, realmente fazer isso?

Sua comunidade vai adorar e você vai criar uma relação ainda mais estreita com seu público. Procure sempre engajar seu público!

Escrito a quatro mãos por:
Ilana Nicilovitz & Renan Rios 

Para conhecer um pouco melhor sobre o APOIA.se e nossa equipe, acessa aqui ó:
 Quem somos?
 Facebook
➝ Twitter
➝ Instagram

Tags:
0 shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *