Como divulgar os primeiros lançamentos da sua banda independente

Música Nov 22, 2021

Para a grande maioria das bandas independentes, gravar o primeiro single é um processo árduo.

E gravar é só o começo! Depois de ter a faixa masterizada, é preciso alocar recursos para a mixagem, masterização, distribuição e, é claro, para a divulgação do trabalho.

O problema é que, quando esse momento chega, a maioria dos artistas independentes em início de carreira já esgotou seus recursos, e o material acaba não tendo o alcance desejado.

Pensando nisso, reunimos algumas noções básicas para todo artista independente ter em mente na hora de divulgar sua banda.

1 - Pense no que vem antes do play

Coloque-se no lugar do ouvinte: quantas vezes você precisa ouvir falar em um artista novo para dar uma chance ao som dele? O que te faz ter mais vontade de conferir uma música nova: a recomendação de um amigo próximo ou um post em um site especializado?

2 - Sua música ser boa é um pré-requisito

Felizmente, vivemos em uma era onde há muita música boa sendo lançada diariamente. O que vai destacar o seu trabalho é a história que você está contando, as formas que você utiliza para apresentar essa narrativa e as pessoas com quem você está colaborando nesse processo.

3 - Foque em conversar com as pessoas e não só em pedir a atenção delas

Muitas bandas independentes intensificam sua presença nas redes sociais em períodos de lançamento, falando exclusivamente sobre a música nova, e desaparecem depois de algumas semanas, retornando só quando precisam da atenção do público novamente.

O segredo para uma carreira musical duradoura é entender que a sua relação com seus fãs é uma via de mão dupla. Em vez de só aparecer no Instagram da banda para postar sobre o lançamento, separe um tempo para conversar com as pessoas que acompanham seu trabalho, interagir com os posts delas e ainda conhecer novos artistas para seguir.

4 - Compartilhe os trabalhos dos seus colegas de cena

Tendo uma banda independente, você provavelmente conhece inúmeros artistas com trabalhos interessantes que mereciam ter mais reconhecimento - e você provavelmente já viu membros dessas bandas se sentindo frustrados por não terem o alcance que gostariam com seus trabalhos.

Compartilhe os lançamentos dos artistas do seu nicho e valorize o trabalho deles da mesma forma que você gostaria que fizessem com o seu. Assim, quando for a hora de pensar em feats, lineups de festivais e qualquer tipo de parceria, seu nome com certeza vai surgir.

5 - Não se limite somente ao Instagram

É claro que o Instagram, atualmente, é a rede social mais importante para qualquer artista. Mas pensar conteúdo para outras plataformas, que não necessariamente estejam tão ligadas a um algoritmo, também pode ser muito benéfico para sua carreira.

Plataformas de financiamento coletivo podem abrir portas para você criar newsletters, compartilhar conteúdos exclusivos, fotos de bastidores, remixes, B-sides e tudo mais que possa fortalecer a comunidade que você está criando com seus ouvintes.

6 - Entenda qual a história que você quer contar com seu lançamento

Na hora de construir seu release e sua estratégia de divulgação, pergunte-se qual é o tema central da música que você está lançando e como esse sentimento pode ser aplicado à capa, às fotos de divulgação, aos vídeos e a todas as outras peças de comunicação.

É esse sentimento central que vai atrair os fãs em potencial ao seu trabalho.

E se você quiser saber mais sobre isso, vale conferir o workshop APOIA.SE feat Buzz Music Content, viu?

7 - Tenha expectativas realistas pro alcance do seu projeto

Não dá para comparar um primeiro lançamento de uma banda independente com uma campanha financiada por edital ou gravadora.

É muito mais interessante focar na sustentabilidade do seu projeto (o quanto você precisa arrecadar para poder se dedicar à música integralmente, se isso for o seu objetivo) do que em um número arbitrário de plays ou seguidores. Às vezes, ter 500 pessoas que estejam investidas na sua obra a ponto de apoiar um financiamento coletivo, comprar uma camiseta ou se inscrever em uma newsletter vale muito mais do que ter 50.000 pessoas que deram play no seu som uma vez.

8 - Divida as demandas entre os integrantes da banda

Combinado não sai caro - e delegar direitinho cada uma das funções necessárias para executar o lançamento entre os integrantes da banda, de acordo com as habilidades e disponibilidade de cada um, é a melhor maneira de evitar atritos desnecessários. Seja dividir uma parte da divulgação para cada um, ou estabelecer um dia da semana para que cada um fique encarregado das redes sociais; de repente um integrante fica encarregado de contatar rádios e o outro, de mandar e-mail para blogs.

O importante é que, organizando certinho, não fica pesado para ninguém e você consegue manter a consistência que o algoritmo pede.

9 - Prepare um plano de divulgação básico com antecedência

Antes de dar play na sua música, as pessoas que você gostaria de alcançar vão ver o nome da sua banda, as suas fotos de divulgação, a capa do seu single, a maneira como vocês se comunicam e - principalmente - o que as outras pessoas estão comentando sobre o lançamento.

Aí que entra a importância de ter um bom material básico de divulgação, organizado e à mão: um release breve mas completo, fotos de divulgação que comuniquem o conceito do lançamento, uma capa memorável e vídeos para alimentar suas páginas nas redes sociais (teasers curtos, videoclipes e trechos dos bastidores são super interessantes!).

10 - Lembre-se que você não precisa fazer tudo sozinho

Contratar uma equipe profissional é um investimento que muitas bandas em início de carreira não conseguem fazer - e a parte boa de realizar todas as etapas do lançamento por conta própria é que quando chegar a hora de delegar funções, você vai entender o que é necessário e o que pode exigir de cada profissional.

Mas isso não quer dizer que você não possa, por exemplo, fazer uma permuta com aquela amiga fotógrafa ou pedir com carinho para um amigo fazer uma mini-entrevista com a banda para você incluir no release.

Criando um financiamento coletivo recorrente, você pode criar um fluxo de caixa para sustentar o seu projeto musical e garantir que os integrantes possam se dedicar ainda mais à banda. E tendo uma comunidade forte em volta do seu projeto que se importa com a arte que você está criando, fica bem mais fácil arrecadar apoiadores de uma forma fácil e transparente.

Se interessou pelo tema?

Não deixe de baixar o Guia do Financiamento Coletivo Pontual para entender tudo o que você precisa para ter uma campanha de lançamento bem-sucedida.

APOIA.se

Plataforma de Vaquinha Online, Crowdfunding e Financiamento Coletivo Pontual e Contínuo.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.