O que é Crowdfunding? Saiba como fazer um financiamento coletivo

Cultura Crowd Mai 10, 2021

Pode ser que você já tenha visto por aí algum projeto financiado por crowdfunding, ou financiamento coletivo. Crowdfunding é uma forma de captação de recursos que está cada dia mais popular e ajuda a tirar muitos projetos do papel.

Desde trabalhadores autônomos, ONGS, produtores de conteúdo, artistas e até mesmo crowdfunding para empresas: através da internet, o financiamento coletivo faz uma ponte direta entre produtores e consumidores, ajuda a manter projetos independentes e garante captações para startups.

Ficou interessado? Vem que a gente explica mais!

Qual é a origem do crowdfunding?

Traduzido ao pé da letra, crowdfunding significa "arrecadação de fundos pela multidão". Um termo que faz total sentido para esse método de financiamento que surgiu como modelo de economia colaborativa. A primeira plataforma surgiu em 2009, nos Estados Unidos e hoje em dia já existem plataformas em 160 países do mundo. No Brasil, a primeira plataforma de crowdfunding surgiu em 2011.

A essa altura, você já sacou por que o crowdfunding é importante, né? Mas agora pode ser que você se pergunte qual a diferença entre o financiamento coletivo e a vaquinha. No Brasil, é comum os termos serem tratados como sinônimos, mas vale pontuar a diferença .

Vaquinhas sempre existiram - quando uma pessoa precisava de dinheiro por algum motivo (uma viagem, ou uma cirurgia, por exemplo), e organizava uma forma de arrecadar. Hoje ainda existem as vaquinhas onlines que funcionam da mesma forma. Você faz uma doação sem contrapartida, apenas para ajudar.

Mas é a contrapartida e especialmente a interação constante com os apoiadores que faz a diferença de um financiamento coletivo. Assim como os financiamentos tradicionais, em que instituições financeiras ganham um retorno, no crowdfunding os apoiadores também ganham as chamadas recompensas, fazendo do processo algo positivo para os dois lados. Pode ser escutar o disco do artista antes do lançamento oficial, receber uma cópia do livro com autógrafo ou ter acesso a um material exclusivo sobre o assunto que o seu produtor de conteúdo preferido domina.

Ou seja, é realmente uma rede: um projeto que é apoiado oferece uma contrapartida interessante, rola um estímulo à produção e à criatividade e cada vez mais pessoas acabam impactadas por algo que você acha legal.

Quais são os tipos de Crowdfunding e como saber o melhor?

Existem vários tipos de crowdfunding com demandas e ofertas diferentes. Vale a pena entender cada um deles na hora de listar as vantagens e desvantagens do crowdfunding para seu projeto.

Financiamento coletivo pontual:

Se o seu projeto tem data inicial e data final para atingir a meta, é um financiamento coletivo pontual. Por exemplo: você precisa de R$20 mil reais para lançar o seu livro e possui oito semanas para alcançar o valor. Dentro desse método, você ainda pode escolher entre duas logísticas de financiamento diferentes.

Financiamento Coletivo Pontual com Meta Livre

Nesse modelo, que é o que  temos na APOIA.se, você pode resgatar o seu dinheiro mesmo que o valor não tenha batido a meta. Funciona pra projetos que podem sair do papel mesmo com uma grana parcial, como é o caso de doação de ONGS, por exemplo.

Financiamento Coletivo Tudo ou Nada

Alguns projetos só saem do papel com 100% da meta. Nesse tipo de financiamento coletivo pontual, você só resgata a grana se atingir o número total de apoios dentro do prazo estipulado.

Vaquinha Online de doação

Essa opção, como já vimos, é muito semelhante aos apoios pontuais, mas com uma diferença que nesse caso normalmente os apoiadores fazem suas doações sem esperar contrapartida ou maior interação com o(a) fazedor(a).

Financiamento coletivo recorrente:

Se você tem um projeto sem data para acabar ou que tem uma produção constante de conteúdo e pode contar com uma rede, essa é a melhor opção. A APOIA.se foi uma das pioneiras no financiamento coletivo recorrente aqui no Brasil e é uma das responsáveis pela popularização desse método.

Os apoiadores contribuem com uma quantia mensal que permite que você tenha uma renda enquanto desenvolve seu trabalho. É o caso, por exemplo, de artistas, escritores, youtubers, gamers, jornalistas e criadores de conteúdo em geral, assim como projetos sociais que usam o crowdfunding recorrente.

Em troca, os apoiadores também contam com recompensas que variam de acordo com a quantia mensal. Além, é claro, da satisfação de poder apoiar um trabalho que você curte muito e acha que tem que estar disponível por aí.

Saiba como fazer um crowdfunding

Chegou até aqui e já está querendo saber como fazer um financiamento coletivo? O processo costuma ser semelhante na maioria dos crowdfundings e segue uma lista de passo a passo bastante simples:

  1. Escolher qual modelo de financiamento coletivo combina com você.
  2. Escolher a melhor plataforma para sua campanha - a APOIA.se trabalha com os três tipos de financiamento.
  3. Fazer o planejamento: pensar na descrição, meta, recompensas, data de início e de fim, se tiver. Lembre-se que você tem que explicar direitinho o que o seu projeto é pra quem nunca ouviu falar dele achar interessante.
  4. Criar a campanha: o processo costuma ser bem simples. Na APOIA.se você encontra o botão no final da página inicial e só precisa preencher com todos os seus dados e informações.
  5. Divulgar e fazer com que o máximo de pessoas possíveis cheguem até o seu projeto.

Agora que você sabe o que é Crowdfunding, já pensou que o financiamento coletivo pode ser justamente o que você ou sua empresa estavam precisando para transformar algo muito legal em realidade? Através do crowdfunding você se conecta diretamente com pessoas que apoiam os seus objetivos, sua arte, seus projetos e ainda faz parte de uma troca que é a cara da cultura colaborativa. A APOIA.se oferece todo o suporte que você e seus apoiadores precisam para começar a ter uma experiência única.

Conheça a nossa plataforma e partiu iniciar a sua campanha?

Foto de Ivan Samkov no Pexels

Camila Maccari

Jornalista, redatora e escritora.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.