Descubra como usar um financiamento coletivo para realizar suas ideias

Cultura Crowd 25 de Mai de 2022

Estudos da Universidade de Harvard já confirmam que a criatividade não é exclusividade de alguns sortudos. Todos nós podemos ter boas ideias e tornar isso um hábito em maior ou menor medida.

O que já sabemos é que ideias devem ser estimuladas. Ainda que elas não estejam completamente definidas ou conceituadas, em um trabalho de observação, aperfeiçoamento e planejamento podem eclodir grandes mudanças de realidades.

Se você procura maneiras de colocar seus projetos em prática e está em busca de como ter um financiamento coletivo para sua ideia, segue com a gente para se inspirar e descobrir como gerar renda com a sua criatividade.

Como filtrar boas ideias para um projeto

É comum que mentes criativas tenham tempestades de ideias durante alguns dias e hiatos de total ausência criativa em outros. Mas como aproveitar os momentos de muitos insights e não perder boas ideias?

Uma boa medida é ter uma “poupança” de ideias. Pode ser um bloco de notas, um caderno ou um documento online. O importante é ter um lugar, disponível e organizado para registrar e consultar cada inspiração.

Muitas vezes um pensamento, à primeira vista, não parece um conceito refinado, mas é possível lapidar, aprimorar e valorizar uma ideia a partir de registros e observações organizadas.

Assim, você consegue planejá-las detalhadamente e pode mapear quais são realizáveis e quanto tempo ou investimento financeiro precisará para cada uma delas.

Mas, quais são boas ideias?

É difícil definir uma ideia como boa ou ruim, mas podemos pensar que boas sacadas são aquelas que geram transformação, provocações, soluções: pessoais ou coletivas.

Não parece existir uma fórmula para validar ideias rentáveis, mas há algumas maneiras de testar suas ideias e melhorá-las antes mesmo de divulgá-las:

  • Consulte colegas, mentores ou conselheiros: aproveite seu círculo social e aproxime suas ideias de alguém em quem você confia ter um bom julgamento, seja essa pessoa ligada diretamente ao trabalho ou alguém que você vê como um mentor.
  • Amigos e família: além de opiniões de profissionais, você pode ouvir e testar suas ideias com seus amigos e família. Com esse núcleo de confiança, você pode fazer uma prova, uma unidade beta ou um protótipo das suas ideias.
  • Crowdsourcing: é uma ferramenta para conseguir conhecimento ou habilidades para melhorar um projeto por meio da colaboração de um grupo de pessoas. Você pode abrir suas ideias para o mundo e convidar profissionais que estejam interessados em contribuir conceitualmente para que o projeto cresça.

Como transformar uma ideia em algo rentável?

Existem algumas maneiras de você converter uma boa ideia em renda ou arrecadar dinheiro para viabilizar uma ideia.

Uma das maneiras alternativas aos empréstimos bancários e captação de investidores é o financiamento coletivo para ideias. Um modelo de economia colaborativa e democrática que fomenta rentabilidade de novos projetos e soluções.

Uma possibilidade de renda para todos os tipos de ideias, desde as simples e que afetam apenas uma comunidade local até aquelas enormes, que atingem multidões e parecem inalcançáveis.

O financiamento coletivo para ideias tem a capacidade de sensibilizar pessoas que se identificam com os fazeres da sua mente criativa.

Financiamento coletivo para ideias

O crowdfunding, também conhecido como financiamento coletivo, é revolucionário. Um caminho tangente na tradicional forma de financiamento que contava apenas com bancos ou grandes investidores.

Essa ideia de economia colaborativa tem como motivação central a captação de recursos por meio da mobilização popular.

Em resumo, isso significa que para criar uma campanha de crowdfunding para ideias você precisa apenas de uma boa ideia para ser financiada por um coletivo de pessoas que acredita nela junto com você.

A popularização do financiamento coletivo para ideias conquistou todos os tipos de projeto que necessitam de renda pontual ou recorrente para cobrir seus custos.

  • Projetos criativos: podcast, quadrinhos, ilustrações, games e toda ideia fora da caixa que precisa de suporte financeiro.
  • ONGs: entidades sem fins lucrativos mantêm suas atividades com as doações de quem se sente tocado pela causa.
  • Artistas: para lançar um livro, um CD, um filme ou qualquer outra arte, artistas independentes precisam de dinheiro para investir.
  • Motivações pessoais: financiar um tratamento, pagar um curso, custear uma viagem, realizar um sonho ou qualquer meta pessoal.

Não faltam opções de sites de financiamento coletivo para ideias e muitos oferecem serviços de gestão financeira, relatórios e outras funcionalidades, que auxiliam a mapear cada avanço do financiamento coletivo para ideias. Há diversas plataformas e modalidades de crowdfunding, as mais comuns são as campanhas pontuais e as contínuas.

Campanhas Pontuais

As campanhas pontuais têm como suas principais variantes: o prazo para encerramento e a doação única.

O crowdfunding pontual tem uma data definida para encerrar a arrecadação e convida os apoiadores para a doação uma única vez.

É uma excelente opção para quem pretende explorar o financiamento coletivo para ideias com recompensas. Se o projeto traduz sua criatividade em um produto, você pode oferecê-lo como incentivo de doações e uma forma de agradecer seus apoiadores(as).

Banner com a imagem de um livro verde do "Guia definitivo do Financiamento Coletivo  Pontual", com um botão laranja escrito "baixe agora". Ainda tem os dizeres "tudo o que você precisa saber para ter uma campanha pontual de sucesso"

Contínuas ou Recorrentes

As campanhas de financiamento coletivo para ideias que são da modalidade contínua têm a recorrência das doações como grande diferencial da modalidade.

Também chamado de financiamento coletivo por assinatura, nesse tipo de financiamento coletivo para ideias os apoiadores(as) são cobrados mensalmente.

Ferramentas digitais importantes como uma página para reunir informações sobre a arrecadação, a história da iniciativa, fotos, alguns vídeos e até chat com a comunidade apoiadora funcionam bem para oferecer recompensas e estimular a contribuição mensal das doações.

banner com imagem de um livro e os dizeres "tudo o que você precisa para ter uma campanha recorrente de sucesso" e um botão para baixar agora

Você já entendeu que teve um bom insight e precisa de um financiamento coletivo para suas ideias!?! Então, você pode começar uma campanha de financiamento coletivo agora mesmo com uma ajudinha da nossa equipe. Vem conhecer a Biblioteca APOIA.se para aprender mais sobre financiamento coletivo para ideias.

Marcadores

Jackeline Moraes

Community/Experience Analyst na APOIA.se, Jornalista, Especialista em Filosofia da Religião, Licenciada em Letras e Educadora Social