Por que minha vaquinha não arrecada? O que fazer para mudar

Dicas Para Sua Campanha Mai 12, 2021

O financiamento coletivo é uma proposta rápida e simples, com investimento baixo. O principal risco que o fazedor(a) corre é a vaquinha online não arrecadar.

Você pode estar frustrado(a) porque a sua vaquinha já está ativa e sem apoiadores(as). Talvez a arrecadação até agora tenha sido menor que você imaginava ou sua vaquinha online ainda não arrecadou nada.

Não basta lançar sua vaquinha online para que doadores(as) comecem a investir na sua ideia.

Nesse artigo, vamos discutir alguns motivos que podem atrapalhar a arrecadação da sua vaquinha online.

Plataforma desajustada com seu objetivo

Com o aumento da utilização de vaquinhas online, várias empresas oferecem o serviço de hospedagem para sua arrecadação. Cada uma delas disponibiliza opções de gerenciamento, recursos de comunicação e custos diferentes.

As melhores plataformas de crowdfunding utilizam ferramentas específicas e até consultorias com agentes especializados para auxiliar os fazedores(as).

Transparência nas transações financeiras, número de apoiadores(as) mensais ativos e confiabilidade no mercado são indicadores de uma plataforma íntegra e preocupada com a arrecadação da sua vaquinha online.

A navegação da plataforma e o suporte aos usuários também é importante. Um site simples e acessível para apoiadores(as) que não têm afinidade com a internet previne dificuldades na hora da doação.

A escolha do site de financiamento coletivo para sua vaquinha online é essencial, pois deve concentrar os recursos necessários para o sucesso da sua campanha.

Divulgação Insuficiente

Por mais satisfeito que você esteja na plataforma escolhida, esperar que apoiadores(as) instintivamente achem sua vaquinha pelo site não é a melhor opção para formar seu público. Uma ideia que funciona muito bem é iniciar sua divulgação pelo seu círculo mais próximo, como amigos e familiares

Uma equipe de apoio pode ser uma boa saída para alavancar a divulgação da sua vaquinha online. Convoque as pessoas que você já conhece: amigos, família, comunidade local. Fazer um grupo no Whatsapp para ajudar na divulgação e trocar ideias é uma ideia para o começo do marketing da sua vaquinha.

Você também pode elaborar a estratégia de divulgação pensando no perfil do seu público ideal. Um exercício para tentar entender quais características seus doadores(as) têm em comum, como eles(as) interagem com a campanha, quais redes sociais são mais acessadas, e outros dados que vão te ajudar a enxergar onde você pode ampliar seus esforços.

Por exemplo, uma professora tem uma vaquinha online e sua campanha produz vídeos para candidatos de concursos. Embora a divulgação pelos afetos seja o início da caminhada, logo a professora percebe que seu financiamento coletivo não conquista novos apoiadores(as).

Ela identifica que seus possíveis doadores(as) são estudantes de provas bem específicas e que compartilham conteúdos e dúvidas em grupos do Facebook.

Interagir nesses grupos, publicar pequenas videoaulas gratuitas, responder as principais dúvidas dos candidatos e publicar esquemas visuais são algumas das estratégias que ela poderia usar para chamar atenção para seu trabalho.

É importante observar que uma abordagem integrada de marketing tem mais alcance.  Isso significa que mais pessoas podem encontrar sua vaquinha se você investir esforços em canais e formatos diferentes de comunicar seu projeto.

Comunicação Inexpressiva

O seu projeto pode até ser complexo, mas precisa ser comunicado de uma maneira que todos os curiosos possam compreender os motivos e a trajetória da sua vaquinha online.

Se a sua campanha for muito complicada é possível que alguma confusão ou desconfiança atrapalhe a aproximação de novos(as) apoiadores(as). Muitas especificidades ou detalhes técnicos restringem seu público demais e desestimulam doadores(as) que não conseguem entender seu projeto.

Você pode cativar apoiadores(as) com postagens regulares envolvendo conteúdos explicativos em texto, imagens e vídeos através do mural da sua vaquinha online.

Outra opção é convidar apoiadores(as) para trazerem suas percepções sobre a campanha, sobre o impacto social dela ou sobre o recebimento das recompensas. Divulgar esses depoimentos carinhosos é um jeito de valorizar quem já apoia e cativar novos(as) doadores(as) através de identificação e confiança.

Como idealizador(a), sua missão também deve ser preservar um relacionamento empático, de respeito recíproco com os(as) apoiadores(as). A legitimidade da campanha é o que perdura a relação de apoio e você a conquista expressando, sistematicamente, o quanto a sua motivação é genuína.

Página de campanha pouco atrativa

Uma página de campanha com conteúdos diversos atrai mais curiosidade. Descrições longas e ausência de recursos visuais transmitem a ideia do seu projeto de forma monótona e insuficiente para gerar identificação.

Em contrapartida, textos curtos e cativantes que contenham a sua história, suas principais motivações e as expectativas dos resultados do seu projeto são convites muito mais atrativos.

Invista em parágrafos curtos, linguagem simples, bem-humorada e que deixem à mostra traços da personalidade do(a) idealizador(a).

Explicar suas metas com recursos visuais, infográficos e tabelas incrementam o visual da sua campanha e fortalecem a relação de transparência com a comunidade. Você pode ainda produzir um vídeo para sua vaquinha online.

Por meio dessa mídia, você comunica as intenções da vaquinha com certa proximidade e ainda mostra aos(as) doadores(as) quem está por trás das ideias.

Pouco tempo dedicado ao sucesso da sua vaquinha

Nós já falamos por aqui sobre o tempo que você deve dedicar no planejamento da sua vaquinha online. Além desse investimento, você deve aplicar esforços diários para manter a interação constante. Sua vaquinha pode não estar arrecadando porque você não está dedicando tempo na manutenção e aprendizado da experiência.

Isso significa que você precisa dedicar tempo para responder e-mails com perguntas, comentários, dúvidas específicas sobre o projeto, curiosidades sobre as recompensas, produzir conteúdo, etc.

E você pode começar empenhando tempo ouvindo mais seus doadores(as). Descubra como eles chegaram até seu projeto, quais redes sociais consideram mais adequadas para a comunicação da comunidade, quais suas expectativas, se estão satisfeitos(as) com as recompensas.

Uma boa dica é dedicar um tempo diário para aprender sobre arrecadação online. Pesquise vaquinhas online de sucesso, inspire-se em páginas de campanhas, converse com fazedores(as) e mergulhe na cultura do crowdfunding.

Ainda tem jeito!

Não desanime! Talvez as coisas não saíram exatamente como você imaginava ou não estejam acontecendo no tempo que você previa. Mas isso não significa que elas não estão acontecendo.

Existem vários caminhos para chegar a um destino, alguns deles mais curtos, outros mais sinuosos. Se você identificou o que pode estar atrasando o sucesso da sua vaquinha: recalcule sua rota!

Refaça seu planejamento, melhore suas habilidades, altere seus objetivos, redesenhe seu projeto, converse com idealizadores(as) experientes e, sobretudo, confie nas transformações positivas que sua iniciativa pode promover.

Existem doadores(as) procurando uma ideia como a sua, você só precisa de um pouco de planejamento e paciência para encontrá-los(as).

Por aqui, produzimos um material exclusivo para te ajudar na divulgação da sua campanha. Baixe o nosso e-book de marketing para financiamento coletivo e trace novas estratégias para alcançar suas metas.

Jackeline Moraes

Community/Experience Analyst na APOIA.se, Jornalista, Especialista em Filosofia da Religião, Licenciada em Letras e Educadora Social

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.