Photo by Firmbee.com / Unsplash

6 passos para montar um projeto para captação de recursos

Cultura Crowd 24 de Jan de 2022

Além de um bom conceito e pessoas dispostas, uma ideia transformadora precisa de planejamento bem estruturado para captar os recursos necessários e ser colocada em prática ou se manter de pé.

Identificar as fontes de financiamento é uma das etapas importantes e que devem convergir diretamente para o objetivo da proposta. Há diferentes alternativas de captação de recursos e por isso é fundamental saber exatamente as necessidades de um projeto para aplicar esforços orientados para o resultado.

Neste artigo, vamos discorrer sobre os principais itens de um modelo de projeto eficiente para captação de recursos. Vem descobrir o que não pode faltar no seu projeto para que você consiga encontrar boas parcerias de investimento.

Banner com a imagem de um livro verde do "Guia definitivo do Financiamento Coletivo Pontual", com um botão laranja escrito "baixe agora". Ainda tem os dizeres "tudo o que você precisa saber para ter uma campanha pontual de sucesso"

Projeto

Você já conhece o escopo inicial de um projeto: introdução, desenvolvimento, objetivos cronograma, etc.

Com uma breve pesquisa você encontrará diversos modelos que podem servir de base para o documento que vai apresentar as suas ideias. Embora os modelos possam ajudar inicialmente, é importante criar um mapa pessoal de prioridades na sua captação de recursos para direcionar adequadamente cada etapa do projeto.

Ou seja, quais são os recursos necessários para cada momento e para sustentar a ideia até o estágio seguinte.

Quando falamos de captação de recursos é comum associarmos apenas ao alcance financeiro, mas a captação de recursos humanos é fundamental para executar uma transformação social. Pensar em como atrair pessoas que se sensibilizem com a sua causa também deve fazer parte do planejamento.

Um projeto de captação de recursos deve ser capaz de demonstrar os objetivos com nitidez e também apresentar um mapa com a rota das suas ações.

A seguir, vamos elencar alguns tópicos fundamentais para um projeto de captação de recursos:

Justificativa

Esse item apresenta os motivos pelos quais o seu projeto se faz necessário na sociedade. Um texto que contenha suas inspirações pessoais e até dados estatísticos da comunidade local.

Os argumentos devem mostrar a realidade do presente, com os problemas e importância das ações que poderão ser realizadas com o projeto.

Dados que são relevantes para a justificativa do projeto:

  • A área geográfica em que o projeto será executado;
  • Características socioeconômicas, ambientais e culturais da comunidade;
  • A relevância e a influência do projeto na sociedade.
  • As transformações positivas esperadas.

Objetivos

Independentemente da temática do projeto, essa é a parte fundamental e mais importante. Os objetivos traduzem as ideias principais de uma iniciativa.

Você pode diluir o grande objetivo da sua iniciativa em objetivos menores para, posteriormente, decidir o roteiro e como chegar até eles.

Por exemplo, o objetivo de um projeto é aumentar o acesso à leitura de crianças e adolescentes de 7 a 16 anos, residentes de Porto Alegre. Para isso, outros objetivos são traçados: a implantação de bibliotecas comunitárias nos bairros, formação de escolas parceiras, capacitação de voluntários para contação de histórias nas comunidades, etc.

Essa é uma importante seção para apontar os caminhos mais eficientes para a captação de recursos. A partir dessa definição você consegue saber quanto investimento e quanto tempo será necessário para viabilizar o projeto.

Por isso, o primeiro passo para começar a captação de recursos é definir quanto dinheiro você precisa e quanto tempo você tem para reunir essa quantia.

Metas

Sem ter uma estratégia de captação de recursos para o seu projeto, dificilmente tudo que você escreveu vai se tornar realidade. Parte desse planejamento está nesse item: as metas.

Esse tópico trata das etapas que deverão ser alcançadas para que o objetivo final tenha sucesso. Aqui vale estimar quanto tempo você levará para que cada meta seja concluída e todos os recursos humanos e financeiros que serão necessários.

Custos

Os custos tratam em números tudo aquilo que será necessário para atingir as metas.

Através do orçamento detalhado, a iniciativa é capaz de  identificar os tipos de recursos necessários para a execução de cada objetivo traçado.

Também amplia a percepção da gestão, porque ao final de cada etapa é possível analisar as receitas e despesas reais, fazer comparações e prever novos caminhos na captação de recursos para o futuro.

Opções de captação de recursos

Muitas são as opções de captação de recursos para um projeto na internet. Arrecadações online são comuns em formato de PIX, transações online, rifas, sorteios e muitas outros.

Uma forma de arrecadação muito popular que tem sido o caminho encontrado por muitas iniciativas é o crowdfunding, também conhecido como financiamento coletivo. Muitas realidades já foram transformadas através dessa forma de captação de recursos que tem como chave a mobilização social.

O crowdfunding é a captação de recursos para um projeto, que reúne pessoas dispostas a investir no crescimento da iniciativa.

Aqui na APOIA.se você vai se deparar com dois tipos de crowdfunding e pode optar pela captação de recursos que  melhor se adequar ao seu projeto ou utilizar as duas, simultaneamente.

O financiamento contínuo não tem data para terminar. Essa modalidade de captação de recursos recebe doações que são renovadas automaticamente todo mês, no dia 1º, como se fosse uma mensalidade.

A opção contínua é indicada para iniciativas que precisam de recursos mensais e manutenção de renda de longo prazo.

A modalidade pontual tem uma data limite para o final do crowdfunding e as contribuições são recolhidas uma única vez.

Essa é uma captação de recursos adequada para quem precisa de apoios em uma situação emergencial, como sustento de pessoas afetadas por calamidades ou, ainda, uma situação eventual dentro de um projeto que já capta doações de forma recorrente.

Um exemplo de iniciativa que utiliza o crowdfunding como captação de recursos é o Instituto Agali Awamu!.

O projeto é formado por mulheres que se juntaram através da luta por igualdade de direitos e justiça e também por uma conexão com o continente africano. A iniciativa promove projetos sociais em educação, meio ambiente e igualdade de direitos sob a perspectiva de gênero e raça.

Projeto de captação de recursos promove projetos sociais em educação, meio ambiente e igualdade de direitos

Ficou curioso(a) por essa forma de captação de recursos?! Então conheça a APOIA.se Solidariedade e decida também a taxa da sua própria campanha.

Marcadores

Jackeline Moraes

Community/Experience Analyst na APOIA.se, Jornalista, Especialista em Filosofia da Religião, Licenciada em Letras e Educadora Social