Quer saber se o Crowdfunding é para o seu projeto? Comece por esse Check List!

Dicas Para Sua Campanha Out 26, 2020

A gente sempre diz aqui na APOIA.se que o Crowdfunding é uma tecnologia que possibilita a realização e financiamento de qualquer tipo de Fazer através da potência do coletivo.

Embora isso seja verdade mesmo, é importante se atentar a algumas características necessárias que o seu negócio, projeto ou trabalho possua antes de mergulhar de cabeça nesse universo.

Já são mais de 7 anos atuando como plataforma de financiamento coletivo, e durante esse tempo podemos perceber alguns atributos prévios em comum entre as campanhas que tinham sucesso dentro da plataforma.

É um check list básico e que tem como objetivo evitar possíveis frustrações e garantir uma experiência legal com a ferramenta. Vamos lá?

O seu Fazer é relevante? Pra quem? ✅

A relevância que você avaliará aqui é a de terceiros, pois como você sabe, a base do Crowdfunding são as pessoas, e portanto é necessário que seu Fazer seja significativo não só pra você, mas para uma comunidade.

Alguns temas geram um movimento por si só, porque já possuem relevância para uma grupo de pessoas, como por exemplo questões sociais.

Mas se a sua é muito específica, tente imaginar se existe um grupo suficiente de pessoas interessadas em consumir o seu trabalho.

Por exemplo, se você é Youtuber e tem uma rede de fãs que já consome seu trabalho e é super engajada com seus conteúdos. Check!

Se você é Ilustrador ou Ilustradora e constantemente percebe que seus seguidores compartilham suas ilustras nas Redes Sociais. Check!

Um projeto cujo trabalho seja relevante para um grupo de pessoas há grandes chances de captação de apoio.

Mas caso você tenha dúvidas para responder essa pergunta, uma dica legal é utilizar as Enquetes do Instagram para perguntar para a sua rede.

Ou até fazer uma pesquisa via Google Forms e enviar para o seu público, ou o público que você imagina que seja o seu.

A única ressalva é priorizar pessoas mais distantes de você para fazer essa consulta.

Qual o potencial da sua rede? ✅

Depois de avaliar a relevância do seu projeto para um grupo de pessoas, agora é hora de entender a capacidade desse grupo em financiar o seu trabalho através do Crowdfunding.

E não estamos falando somente de dinheiro, mas também de acesso.
Vamos as perguntas que você precisa responder:

  • É possível acessar esse grupo de pessoas?
  • Você consegue acessar esse grupo de pessoas?
  • Essas pessoas estariam dispostas a apoiar o seu trabalho?
  • Essas pessoas poderiam apoiar o seu trabalho?

Time e Tempo ✅

Aderir a uma campanha de financiamento coletivo para financiar o seu Fazer requer dedicação, persistência e cuidado com a sua comunidade apoiadora.

Portanto, mesmo que você tenha dado Check nas duas questões anteriores, é importante você refletir sobre o tempo que você precisará dedicar para a sua Campanha de Crowdfunding.

Você precisará criar a sua página de campanha, definir e entregar das recompensas, comunicar-se com a sua base apoiadora, divulgar a sua campanha para captação de novos apoiadores e além de tudo: realizar o seu trabalho.

Por isso avalie o tempo destinado à sua Campanha de Crowdfunding, e se for o caso: avalie se consegue dar conta sozinho (a).

Mas caso você tenha um um time para tocar junto, avalie se os conhecimentos desse time condizem com as necessidades que você terá ao aderir o Crowdfunding para a remuneração do seu trabalho ou projeto.

  • O que cada uma dessas pessoas faria?
  • Essas pessoas se sentiriam confortáveis em desenvolver essas tarefas?
  • Quais habilidades que faltam no seu time e que seriam necessárias para esse momento?
  • Quem você poderia chamar para abraçar essa junto com você?

Os modelos existentes de Crowdfunding são úteis pra você? ✅

A gente acredita que os itens anteriores compõem os elementos fundamentais para que a sua experiência com o Crowdfunding seja satisfatória.

Embora essa parte seja mais prática, ela também merece uma atençãozinha.

Dificilmente algum projeto que está propenso a utilizar o Crowdfunding, desiste ao chegar nesse ponto, mas é importante que você entenda como tudo funciona na prática para entender se precisa de um time e se o Crowdfunding atende aquilo que você tem imaginado para o financiamento do seu projeto.

Os modelos de crowdfunding mais comuns no Brasil são esses:

Sistema de Recompensas: Nesse modelo os apoiadores(as) têm a oportunidade de escolher o valor do apoio e recebem vantagens especiais em troca, chamadas Recompensas.

Esse modelo pode ser utilizado tanto na modalidade de Crowdfunding Pontual, com recompensas entregues somente uma vez, quanto na modalidade de Crowdfunding Recorrente, com recompensas contínuas.

Doação: Esse é o modelo clássico, onde você estipula uma meta para a realização de um projeto (pontual ou recorrente) e as pessoas apoiam financeiramente em troca da satisfação em ajudar. Esse modelo é bastante usado para projetos e iniciativas filantrópicas.

Pré Venda de Produto: Funciona semelhante a um Sistema de Recompensas, mas nesse caso a sua campanha terá como objetivo arrecadar verba para o desenvolvimento de um produto,  e ao finalizá-lo seus apoiadores o recebem como recompensa.


E não é porque agora você sabe de todas as perguntas que precise necessariamente ter todas as respostas.

Algumas delas estarão mais claras, e outras será necessário explorar um pouco mais. E tudo bem.

O que a gente quer é que você entre para o Financiamento Coletivo ciente do que é necessário para que a sua campanha decole e seja um sucesso.

E pra você que entendeu que esse é o momento de ingressar no mundo do Crowdfunding com o seu trabalho, vamos a mão na massa!

Baixe o Guia do Financiamento Coletivo Contínuo e financie o seu trabalho através da sua rede!

Blog--1000-x-655--Imagem-Interna_Material-Rico_2

Renata

Head de Marketing @ APOIA.se

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.